Ficha Técnica: Ceará 3 x 2 Clube do Remo

Uma das formações do Ceará Sporting Club no Norte-Nordeste de 1969;
Em pé: Daniel, Laudenir, Ita, Cícero, Gojoba e Carlindo;
Agachados: Osmar, Gildo, Chiclets, Magela e Zezinho;
Crédito: anotandofutbol.blogspot.com.br
Ficha Técnica – Ceará Sporting Club
Vozão Ceará 3 x 2 Remo
Torneio Norte-Nordeste de 1969
Vozão
@pnlopes







Competição (Tournament): Taça Norte-Nordeste 1969 – Final – 2º Jogo
Data (Date): Sexta-Feira, 19 Dezembro de 1969
Estádio (Stadium): Presidente Vargas, Fortaleza, Ceará
Público (Attendance): Sem Registro pagantes – Renda: Sem Registro
Árbitro Principal (Referee): José Mário Vinhas
Assistente 1 (Assistant Referee 1): Sem Registro
Assistente 2 (Assistant Referee 2): Sem Registro
Quarto Árbitro (Fourth Oficial): Sem Registro
Advertências | Cautions | Sent Off Advertências | Cautions | Sent Off
Nenhum (none) Nenhum (none)
Gols | Goals | Goles Gols | Goals | Goles
1-2 Magela, aos 22’/2º 1-0 Iris, aos 37’/1º
2-2 Chiclets, aos 32’/2º 2-0 Iris, aos 10’/2º
3-2 Gildo, aos 43’/2º
Ceará Sporting Clube Clube do Remo
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
At
At
At
At
Ita
Daniel
Cícero
Laudenir
Carlindo
Magela
Gojoba
Dote (Chiclets)
Zezinho
Gildo
Marcos (Osmar)
Go
Df
Df
Df
Df
Mc
Mc
At
At
At
At
François
Mesquita (Edilson)
China
Nagel
Luciano Oliveira
Angeli Tavares
Carlitinho
Birungueta
Rubilota
Iris (Silva)
Neves
Técnico: Arilton Ramos Técnico: Sem Registro
#
#
Chiclets
Osmar
# Silva
Tempo Normal Prorrogação Penalidades
1º Tempo 2º Tempo Final 1º Tempo 2º Tempo Final Ceará Adversário
0 x 1 3 x 1 3 x 2
→ Como o Ceará havia perdido o primeiro jogo, em Belém, com esse resultado haverá um jogo desempate, também na capital cearense, para saber quem será o campeão do torneio;
→ Uniforme do Ceará: Camisa Sem Registro, Calção Sem Registro e Meias Sem Registro;
→ Uniforme do Remo: Camisa Sem Registro, Calção Sem Registro e Meias Sem Registro;
→ Links Externos (External Links): www.memoriafutebol.com.br
→ Links Externos (External Links): www.memoriafutebolcearense.blogspot.com.br

Crônica do Jogo:

Intervalo de jogo. A cada segundo o sonho de fazer história ia se esvaindo pelas mãos dos alvinegros. Era impossível imaginar que o tão almejado Torneio Norte-Nordeste estava sendo perdido no Presidente Vargas lotado, e justo daquela maneira! Mas o apressado ponteiro do relógio naquele 19 de dezembro de 1969 não deixava dúvidas, o segundo tempo ia começar e o Ceará precisava virar o placar de 1 a 0 para o Remo(PA) se quisesse sobrevida na série final – os remistas venceram o primeiro jogo (2 a 1), em Belém, e o Vovô buscava dar o troco na volta para gerar uma terceira partida, também em Fortaleza.

Etapa final. A bola volta a rolar e o Ceará parte para o ataque. Gildo, Zezinho, Magela, Chicletes, os alas, meias, pontas, enfim, o PV inteiro sufocava o Remo. Mas tudo aparentemente em vão. A situação complicou ainda mais quando, aos 10min, o meia remista Ìris, que já marcara o primeiro gol, balançou novamente as redes. Àquela altura os paraenses tinham praticamente as duas mãos na taça. E nada do Ceará chegar ao gol! Parte da torcida deixava o estádio e o relógio continuava correndo.

22 minutos. Em campo o time seguia lutando e foi recompensado com um gol de Magela. Corre, pega a bola no fundo da rede, acena pra torcida, e devolve a pelota para o meio-campo. “Só” faltava metade de um tempo para a equipe tentar a virada. Com o apoio das arquibancadas de volta, a pressão contra os remistas foi aumentando à medida que o tempo passava.

32 minutos. Duas chances claras foram perdidas até que Zezinho transformou o PV numa grande panela de pressão alvinegra: 2 a 2 no placar. Repete-se a cena do primeiro gol, pega a bola, corre, acena, torcida, meio-campo, não necessariamente nessa ordem. Agora, “ainda” restavam treze para mais um golzinho, que levaria o time à vitória.

43 minutos. A sobrevida na competição dependia de um gol e as luzes do PV já estavam para apagar. Então, eis que o camisa nove fez a diferença. Gildo aproveita cobrança de escanteio, a bola vem alçada na área e ele sobe mais do que a zaga. Testa de jeito, com a parte central da cabeça. A bola parte como uma bala em direção ao gol. E passa por entre as mãos do goleiro remista François. O impossível acontecera. O Ceará virara o jogo para delírio do PV mais do que lotado nessa hora (os portões haviam sido abertos).

Minutos finais. O relógio, antes vilão, agora se transformara em amigo do peito. Chuta pra fora, embarca a bola, pede pro juiz terminar o jogo. O Remo tenta um último esforço, mas em vão. Final de jogo: Ceará 3 a 2. Êxtase de um lado e decepção total do outro. Dali a dois dias as duas equipes voltavam ao mesmo PV, novamente lotado, para a terceira partida da final. Mas, daquela vez, a história foi diferente. E o Vovô levou o Norte-Nordeste com fáceis 3 a 0. A verdadeira decisão acontecera nos 45 minutos finais daquele 19 de dezembro. Numa das maiores páginas do futebol cearense. (Fonte: www.memoriafutebolcearense.blogspot.com.br)


.:: Seleção Brasileira – Brazilian National Football Team ::.
Confira todos os jogos da Seleção Brasileira de futebol aqui.
All the matches of the Brazilian National Team hear;
www.jogosdaselecaobrasileira.wordpress.com

Deixe um Comentário pois Você é Muito Importante

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: